INDÚSTRIA FLUMINENSE É BENEFICIADA COM NOVAS REGRAS PARA CIRCULAÇÃO E OPERAÇÕES DE CARGAS NO CENTRO DO RIO

14/11/2016 - 14:11

A publicação de um decreto com novas regras para operações de carga no município do Rio garante benefícios para toda a indústria fluminense. Após dialogar com o Sistema FIRJAN e outras entidades do setor empresarial, a prefeitura flexibilizou a circulação e os horários para carga e descarga na cidade. A medida representa um avanço importante em relação ao Decreto nº 42.242, que estendia indefinidamente e intensificava as restrições vigentes no período dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. De acordo com Riley Rodrigues, gerente de Estudos de Infraestrutura da Federação, a alteração é primordial para que a indústria tenha condições mínimas de abastecer o município e garantir a movimentação de mercadorias nos aeroportos e no Porto do Rio. Além de colocar em risco o funcionamento da cidade, o decreto teria impactos negativos sobre a arrecadação do município e do estado. “O prefeito Eduardo Paes compreendeu que, da forma como havia sido definida, a restrição à circulação de cargas traria grandes prejuízos para a cidade. Ao publicar o novo decreto, demonstrou compreender as preocupações das entidades, lideradas pelo Sistema FIRJAN, de que haveria mais perdas do que ganhos com as restrições rigorosas que haviam sido adotadas pela prefeitura”, disse Rodrigues. Para Sergio Duarte, presidente do Sindicato das Indústrias de Alimentos do Município do Rio de Janeiro (Siarj), as novas regras são fundamentais para a competitividade. “As restrições causaram um aumento de custo de até 30% para alguns setores. No momento econômico atual, em que empresas estão com dificuldade de liquidez, foi muito importante o prefeito ter escutado o setor produtivo”, afirmou o empresário, que também é presidente da Vitális/Chinezinho.

 

Fonte: Carta da Indústria 734 - Pag. 05